quarta-feira, 4 de novembro de 2009

NEOPLASIAS

CONCEITO
As neoplasias correspondem às formas de crescimento não controladas e são denominadas, na prática, de "tumores". A primeira dificuldade que se enfrenta no estudo das neoplasias é a sua definição, pois ela se baseia na morfologia e na biologia do processo tumoral. Com a evolução do conhecimento, modifica-se a definição. A mais aceita atualmente é: "Neoplasia é uma proliferação anormal do tecido, que foge parcial ou totalmente ao controle do organismo e tende à autonomia e à perpetuação, com efeitos agressivos sobre o hospedeiro" (Pérez-Tamayo, 1987; Robbins, 1984).
Várias classificações foram propostas para as neoplasias. A mais utilizada leva em consideração dois aspectos básicos: o comportamento biológico e a histogênese.

COMPORTAMENTO BIOLÓGICO
Os tumores podem ser agrupados em três tipos: benignos, limítrofes ou "bordeline", e malignos. Um dos pontos mais importantes no estudo das neoplasias é estabelecer os critérios de diferenciação entre cada uma destas lesões, o que, algumas vezes, torna-se difícil. Estes critérios serão discutidos a seguir e são, na grande maioria dos casos, morfológicos:

CÁPSULA
Os tumores benignos: crescimento lento e expansivo e formação de pseudocápsula fibrosa.
Os tumores malignos: crescimento rápido, desordenado, infiltrativo e destrutivo não permite a formação desta pseudocápsula e mesmo que ela se encontre presente, não deve ser equivocadamente considerada como tal, e sim como tecido maligno.


CRESCIMENTO

MORFOLOGIA

MITOSE
Quanto maior a atividade proliferativa de um tecido, maior será o número de mitoses. O número de mitoses está inversamente relacionado com o grau de diferenciação. Quanto mais diferenciado for o tumor, menor será o número de mitoses observadas e menor a agressividade. Nos tumores benignos, as mitoses são raras e têm aspecto típico, enquanto que, nas neoplasias malignas, elas são em maior número e atípicas.

ANTIGENICIDADE
Células de tumores benignos: são bem diferenciadas, não apresentam capacidade de produzir antígenos;
Células de tumores malignos: são pouco diferenciadas, têm esta propriedade, que permite o diagnóstico e o diagnóstico precoce de alguns tipos de câncer.

METÁSTASE
HISTOGÊNESE

MORFOLOGIA TUMORAL
ESTADIAMENTO:
- Clínico
- Patológico


*Estadiamento Geral dos Tumores:

Estádio - Descrição
0 - carcinoma "in situ";
I - invasão local inicial;
II - tumor primário limitado ou invasão linfática regional mínima;
III - tumor local extenso ou invasão linfática regional extensa;
IV - tumor localmente avançado ou presença de metástases.

Nenhum comentário:

Postar um comentário